ÁREAS TEMÁTICAS

  • Biodiversidade, conservação e ecologia em águas interiores e estuários
  • Biodiversidade, conservação e ecologia no meio marinho
  • Aquacultura, patologia e genética em espécies continentais
  • Aquacultura, patologia e genética em espécies marinhas e estuarinas
  • Ambiente e alterações climáticas em águas interiores e estuários
  • Ambiente e alterações climáticas no meio marinho
  • Pesca e transformação em águas interiores e estuários
  • Pesca e transformação no meio marinho
  • Espécies exóticas invasoras de águas interiores e estuários
  • Espécies exóticas invasoras marinhas
  • Âmbito de aplicação não ibérico
  • Apresentação de Projetos

IDIOMAS

Uma vez que o novo formato exige que a roda de perguntas ou comentários após a apresentação seja feita por escrito, as línguas veiculares são expandidas para incluir, além do português e do espanhol, o francês e o inglês. Por conseguinte, podem ser feitos painéis e apresentações orais em qualquer um deles. No entanto, a organização não verificará o nível gramatical, sintáctico ou conceptual da língua em que as contribuições são escritas.


SESSÕES PLENÁRIAS

Pao Fernández Garrido

"Conectando Peixes, Rios e Pessoas": Fazer uma mudança do local para o global".

Pao Fernández Garrido estudou Engenharia Florestal na Universidade Politécnica de Madrid e fez o mestrado em Restauração de Ecossistemas na Universidade de Alcalá de Henares (Madrid). Teve a grande oportunidade de fazer o mestrado em avaliação de passagems para peixes com estudos de PIT e Rádio Telemetria em S.O. Conte Lab, USGS (Massachusetts, EUA). Especializou-se no desenho técnico e naturalizado de passagems para peixes e teve também o privilégio de receber formação em projectos de remoção de barragens na Princeton Hydro LLC (Nova Jersey, EUA). Começou a desenhar passagems para peixes em Inglaterra e nos EUA, mas pouco tempo depois começou a trabalhar para a World Fish Migration Foundation em diferentes projectos relacionados com a sensibilização para a importância da conectividade fluvial. Tem sido a gestora e coordenadora de eventos do Dia Mundial das Migrações de Peixes desde 2014. Responsável pela recolha dos inventários das barreiras fluviais para o projecto AMBER. Desenvolvedora do projecto "Dam Removal Europe" juntamente com Herman Wanningen e responsável pelo conteúdo e investigação do estado e factores de remoção de barragens a nível mundial".
Connecting Fish, Rivers and People: Making a change from local to global.

 

.

Dr. Pedro Morais

“Assumir a liderança nos esforços de conservação dos peixes ibéricos: um desafio para a SIBIC

Pedro Morais (Lisboa, 1976) é doutor em Ecologia das Populações e licenciado em Biologia Marinha e Pescas, ambos os graus conferidos pela Universidade do Algarve. Durante a sua carreira teve oportunidade de estudar o mais variado tipo de organismos aquáticos, desde protistoplâncton, zooplâncton, medusas, bivalves, aves, e claro, peixes. Os seus trabalhos foram realizados em diversos ecossistemas aquáticos, desde o domínio oceânico até às ribeiras temporárias do sul da Península Ibérica. Contudo os estuários são a sua paixão, e os estuários do Guadiana e do Minho os seus locais de estudo de eleição. Os seus principais interesses de investigação são o impacto de espécies invasoras em ecossistemas estuarinos e desvendar os processos e mecanismos conducentes à plasticidade fenotípica exibida por peixes migradores. Da sua diversificada produção científica destaca-se a organização duma conferência internacional sobre invasões biológicas e de várias sessões em congressos científicos internacionais, mais de 50 artigos científicos e capítulos de livro, e principalmente a publicação do livro “An Introduction to Fish Migration” (CRC Press, 2016).

Dr. Luis Cardona

"Uso de isótopos estáveis como traçadores de habitat em espécies aquáticas".

Luis Cardona Pascual (Mahón, 1966) é doutor em ciências biológicas, professor associado de zoologia no Departamento de Biologia Evolutiva, Ecologia e Ciências Ambientais da Universidade de Barcelona, coordena o Mestrado Inter-Universitário em Oceanografia e Gestão Ambiental Marinha (UB-UPC) e é membro do conselho de administração do Instituto de Investigação em Biodiversidade da Universidade de Barcelona (IRBio). A sua investigação centra-se na biologia, ecologia e gestão de vertebrados marinhos, com especial interesse na ecologia trófica e no uso do habitat. A análise de isótopos estáveis de C, N, O e S é uma das técnicas comumente usadas pelo seu grupo de investigação para abordar estas questões, tanto em peixes como em tartarugas e mamíferos marinhos. É autor de 112 artigos científicos e dirigiu 12 teses de doutorado.


PROGRAMA GERAL (PROVISÓRIO)

O formato virtual do congresso obriga a modificar o programa existente; a partir desta secção estará disponível para download, em breve, um novo programa provisório do congresso.


ATELIÊS

Workshop LIFE - INVASAQUA sobre "Espécies Exóticas Invasoras"

 

881 816328     xestioneventos@usc.es